Quinta-feira, 14 de Julho de 2011

Capítulo 19

 

 

 

Isabella: (Acordei na manhã seguinte e reparei que estava num quarto diferente, lembrei-me dos eventos da noite passada. Respirei fundo enquanto me lembrava das palavras do Alex, ele disse que me amava. Sentei-me na cama e olhei em redor, o quarto era lindo, eu sentia-me muito bem aqui, mas a Sofia estava sempre na minha cabeça. A minha preocupação voltou e eu levantei-me, pronta para um duche)

 

 

 

 

Alexander (Acordei e olhei para o tecto, não era o tecto que eu estava habituado a olhar todas as manhãs, foi aí que eu me lembrei de tudo o que aconteceu no dia anterior, respirei fundo e sussurrei): Eu contei-lhe… (Sentei-me na cama sentindo o meu coração a bater a mil á hora, comecei a perguntar a mim mesmo o que é que ia acontecer agora? Agora que ambos sabemos e …a Sofia? O que é que vai acontecer? Será que ela vai…? Abanei a cabeça, claro que ela não vai. Ela vai ficar bem ou Izzie vai sofrer. Isso não pode acontecer. Levantei-me e fui tomar um duche)

 

 

 

 

Isabella: (Eu desci as escadas depois do meu duche, sentindo-me um pouco melhor, mas o meu estomago não. Eu não me lembro da última vez que eu comi, acho que foi…há dois dias atrás. Comecei a explorar aquela mansão enorme, meio nervosa, porque eu sabia que o Alex e eu não éramos os únicos ali. Depois de algum tempo a explorar a mansão, entrei na maior e melhor equipada cozinha que eu já tinha visto. Eu estava sem palavras e maravilhada, e foi aí que eu reparei numa mulher a cozinhar. Ela olhou para mim e eu fiquei ainda mais nervosa)
Rose: Oh, olá! (Sorriu) Eu sou a Rose, mas podes-me chamar Rosie Tu deves ser a amiga do Alex, certo?
Isabella (Eu fui apanhada de surpresa, como é que ela sabia que eu estava aqui se nós chegamos tão tarde?): Huh…sim. (Disse envergonhada) Eu sou a Isabella….Izzie. (Mordi o lábio, eu estava mesmo nervosa)
Rose (Deu um sorriso querido): Por favor, senta-te. Deves estar com fome. (Foi até ao fogão)
Isabella (Eu estava surpreendida, nunca ninguém tinha sido tão simpático comigo sem me conhecer): Oh, não é preciso. Eu estou bem… (Ela olhou para mim) Eu…huh…eu não quero atrapalhar. Eu…
Rose: Oh, não. Não estás a atrapalhar. Podes sentar-te. Toda a gente precisa de um bom pequeno-almoço para começar o dia. (Disse sempre com um sorriso adorável nos lábios)
Alexander (Entrei na cozinha e encontrei a Rosie e a Izzie, o meu sorriso apareceu automaticamente): Bom dia. (O meu coração estava acelerado, eu não sabia se as coisas iam ser estranhas entre nós, e eu não queria que a Rosie soubesse…ainda)
Rose (Ela sorriu para mim): Bom dia Alex. Eu acho que tu devias de convencer a tua amiga a tomar o pequeno-almoço, porque ela não está a incomodar ninguém.
Alexander (Os meus olhos voaram imediatamente para ela, um pouco preocupado): Izzie…tens de comer. (Aproximei-me um pouco dela) Eu sei que não comeste nada ontem.
Isabella (Eu respirei fundo ainda nervosa, esta situação ainda era totalmente nova para mim): Tudo bem…
Alexander (Sorri): Ainda bem… (Fui ao frigorifico e tirei sumo de laranja, sentindo a tensão no ar entre nós três. Respirei fundo e olhei para a Rosie) Huh, Rosie…a Izzie vai ficar aqui durante algum tempo. (Disse meio nervoso)

Rose (Ela olhou para a Izzie): Oh, tudo bem. (Eu estava surpreendido, ela não estava a fazer nenhuma pergunta sobre a nova presença)
Isabella (Depois de outro silencio constrangedor, eu tive de falar): Huh…Alex? (Ele olhou para mim) Podes-me levar ao hospital?
Alexander: Claro. (Eu sentei-me á frente dela, nervoso, eu sabia que a Rosie estava a ouvir e estava confusa e provavelmente preocupada) Mas temos de comer alguma coisa primeiro. (Eu sorri e ela assentiu com a cabeça, eu sabia que ela estava preocupada, eu também estava)
 

 

 

 

 

Mais Tarde

 

 

 

 

 

Isabella: (Eu entrei no hospital e caminhei até ao elevador, com o Alex atrás de mim. Ninguém falou nada, ambos estávamos nervosos e preocupados, as palavras eram inúteis agora…Quando chegamos ao 3º piso, eu fui directa ao escritório da Tracy, o meu coração estava tão acelerado, eu estava anciosa, com medo e preocupada. Eu bati á porta duas vezes e esperei)
Alexander (Eu vi o quão nervosa e ansiosa ela estava por isso quando cheguei á beira dela falei): Vai correr tudo bem.
Isabella: (Eu assenti com a cabeça sem olhar para ele. Eu estava a tentar convencer-me disso. A Tracy abriu a porta e olhou para mim)
Tracy: Izzie. (Disse surpreendida)

Isabella: Como é que ela está? (Perguntei sentindo o meu coração acelerado)
Tracy (Ela respirou fundo, eu fiquei ainda mais nervosa): Ela está acordada. (Ela sorriu levemente e o meu coração saltou) Mas, nós ainda não sabemos o resultado do exame final. Nós fizemos os exames e agora estamos á espera dos resultados. Só mais um pouco, eu prometo.
Isabella (Suspirei): Quanto tempo?
Tracy (Estava prestes a falar mas virou-se e sorriu): Não muito. (A Kim chegou á nossa beira com um envelope para a Tracy. Ela pegou nele)
Kimberly (Sorri): Está aqui. (Depois ela olhou para mim) Izzie! (Abraçou-me) Vai ficar tudo bem. (Ela sorriu para mim e reparou no Alex) Tu?
Alexander: (De repente todos os olhos estavam postos em mim, eu não sabia como reagir. Parece que elas são amigas da Izzie, mas ela quebrou o momento constrangedor)
Isabella: Então? (Perguntei ansiosamente á Tracy)

Tracy (Ela respirou fundo e o sorriso dela apareceu, também como um brilho nos olhos dela): Ela está a reagir positivamente á cirurgia. (Ela olhou para mim) Ela está a recuperar bem.
Isabella (Eu não podia acreditar. Acabou? O pesadelo acabou?): Funcionou?
Tracy (O sorriso dela tornou-se maior): Funcionou! O cancro desapareceu!
Isabella: OMG! (Eu levei a minha mão á boca e os meus olhos ficaram cheios de lágrimas de alegria e alívio. Eu virei-me para o Alex e abracei-o com força, colocando a minha cabeça no peito dele. Isto é tudo graças a ele, ele abraçou-me também)
Alexander: (Eu estava aliviado e feliz. Finalmente o pesadelo acabou e eu podia ver o quanto a Izzie estava feliz. Mas o que me surpreendeu mais foi quando ela me abraçou, sabendo que as amigas dela estavam ali. Eu abracei-a de volta com força, nunca me vou cansar deste sentimento, de a ter nos meus braços)

Kimberly: (Ela também estava emocionada, mas o sorriso dela era maior do que qualquer coisa. Depois ela viu aquele abraço e ficou confusa por isso olhou para a Tracy)
Tracy: (Ela também olhou para a Kim, percebendo o olhar dela. Estes dois eram mais do que amigos, qualquer coisa lhe estava a escapar. Porque que é que ela não sabe nada sobre este homem? E… quem é ele?)

Isabella (Separei-me do abraço do Alex, abracei a Tracy e a Kim, limpei as lágrimas e olhei para a Tracy): Deixa-me vê-la, por favor. (Implorei)
Tracy (Ela assentiu): Tudo bem, mas ela ainda está bastante fraca. (Eu olhei para ela) Não te preocupes, é normal, daqui a alguns dias ela já vai recuperar a força toda.
Kimberly (Ela limpou as lágrimas): Eu estou a adorar este amor e esta felicidade mas eu tenho de voltar ao trabalho. (Sorriu) Até logo! (Entra num quarto)

Isabella (Ri): Adeus… (Olhei para a Tracy)
Tracy: Segue-me (Vai em direcção ao quarto da Sofia)

Isabella (Eu estava a segui-la quando reparei que o Alex não se mexeu. Olhei para ele): Não vens?
Alexander: Huh... (Fiquei nervoso) Não, vai tu. Eu espero aqui. Mas vai, tu queres mesmo vê-la.
Isabella (Eu sorri para ele e aproximei-me): Também tens de a ver. (Vi a expressão surpreendida dele) Tu ajudaste-nos. Tu salvaste-a. Tu precisas de sabem quem ela é, e eu sei que tu queres…
Alexander (Eu fiquei surpreendido, ela tinha razão, mas eu estava nervoso): Eu…huh
Isabella (Eu continuei a sorrir para ele): Eu vou primeiro. (Dei-lhe um beijo na bochecha e entrei no quarto)
Alexander: (Eu suspirei e sorri levemente, o beijo dela é uma coisa tão querida e intensa, ela tem esse poder sobre mim)


 

 

 

Isabella: (Quando entrei no quarto vi a Sofia deitada na cama. A Tracy tinha razão, ela está mesmo fraca. Ela parece tão vulnerável. Mas ela disse que ela estava bem, o cancro foi-se, o pior já passou. Eu agora tenho de ter fé. Ela olhou para mim, eu sorri levemente, sentindo o meu coração acelerado no meu peito): Sofia!
Sofia: Maninha! (Ela estava feliz por me ver, mas ainda estava fraca)

Isabella (Eu praticamente corri até á cama, sentei-me ao lado dela e abracei-a com força, deixando algumas lágrimas caírem. Eu pensei que nunca mais a ia abraçar): Oh querida!
Sofia (Ela também me abraçou. Mesmo ela sendo nova, eu sei que ela sabia o que lhe tinha acontecido no dia anterior. Ela sabia que estava a morrer, mas agora ela esta acordada, comigo. Ela é tão esperta. Ela afastou-se de mim): A Tracy disse que o cancro foi embora. Posso ir para casa agora?
Isabella (Eu tive de respirar fundo para acalmar o meu coração. Os olhos dela estavam tão vivos, com um brilho espectacular. Mesmo ela estando fraca, ao olhar para ela eu chego a pensar que Deus nos deu uma segunda oportunidade): Oh, amor. Sim, é verdade. Já acabou, mas tu ainda estás fraca. Tens de ficar aqui durante algum tempo, para recuperares a tua força.
Sofia: Mas eu posso descansar em casa, eu prometo que não saio da cama. (Ela abraçou-se ao meu braço)
Isabella (Eu estou morta para a tirar deste lugar): Princesa, eu quero muito levar-te para casa. Mas isto é o melhor para ti. Eu prometo que o pior já passou.
Sofia (Ela ficou triste): Tudo bem…
Isabella (Eu respirei fundo, mas depois sorri): Eu quero que tu conheças uma pessoa…
Sofia: Quem?
Isabella: É…um amigo. (Ela olhou para mim curiosa) Ele pagou a tua cirurgia querida. Ele ajudou-te na tua recuperação.
Sofia: Ele é médico?
Isabella (Eu ri, imaginando o Alex como médico, definitivamente não se encaixa com ele): Não…ele está lá fora. Queres conhecê-lo? (Eu estava um pouco nervosa)

Sofia: Tudo bem.
Isabella: Muito bem, eu vou chamá-lo. (Levantei-me e fui até á porta. Chamei-o com a mão, ele veio até mim nervoso, eu ri) Vamos. (Eu agarrei na mão dele e puxei-o para dentro do quarto, olhei para a Sofia) Sofia, este é o Alex. (Aproximamo-nos dela) Alex, esta é a Sofia. (Larguei a mão dele quando chegámos ao lado dela)
Alexander (Quando entrei vi uma menina deitada na cama, eu fiquei nervoso, ela é tão parecida com a Izzie, os mesmos olhos, a mesma beleza): Huh…olá. (Sorri)

Sofia (Ela olhou para ele de cima a baixo, olhou para mim e disse): Ele é teu namorado?

 

Publicado por - jéssica às 14:13
Link do post | Comenta X) | Adicionar aos favoritos
|
5 comentários:
De Giovanna a 14 de Julho de 2011 às 16:04
OMG!!!!Amei amei amei!!!Ainda bem que a Sofia ja está melhor!!!!ALex e Izzie <3
Adorei mal posso esperar pelo proximo!!
xoxo


De Sonia a 16 de Julho de 2011 às 18:49
adorei...

posta rapido


De NileyForever a 22 de Julho de 2011 às 13:37
adoro o blog <3


De carina a 26 de Julho de 2011 às 22:39
ESPECTACULAR!! ADORO ADORO ADORO!
Posta rapido!!!
:)


De Little Miley a 4 de Setembro de 2011 às 21:53
Lindfo! Lindo! Lindo! Lindo!
Desculpa estas ferias estive mt ausente, mas adorei!
Tá espetacular!

Já postei o 18, bjs.


Comentar post

Sobre Mim

Posts Recentes

Capítulo 19

vou continuar...

Olá...

Capítulo 18

Capítulo 17

Capítulo 16

Capítulo 15

Capítulo 14

Capítulo 13

Capítulo 12

Arquivos

Julho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010