Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010

Capítulo 7

Alexander: (Estávamos prestes a entrar na água quente, por isso tirei a roupa que restava. Quando senti o corpo dela completamente nu, peguei nela e deitei-a na banheira, pondo-me em cima dela. O preservativo já estava posto por isso quando eu entrei dentro da água quente e penetrei-a de uma vez, fazendo-a gemer muito alto)
Isabella: (Eu estava a tentar conter os meus gemidos enquanto ele penetrava em mim com a mesma velocidade da noite anterior, agora mais, porque a água ajudava a aumentar o prazer. As luzes eram fracas e a casa de banho estava cheia de incenso, por isso começamos a suar, mesmo estando dentro de água. Tudo o que eu sei foi que a nossa noite passou da banheira para o quarto, sempre com o mesmo prazer: o prazer de fazer sexo)



Uma Semana Depois



Isabella: (Eu estava a servir os clientes no meio da tarde. Eu estava muito cansada, não tenho dormido muitos as últimas noites. Respirei fundo e fui para o balcão para preparar mais café. A razão por eu não dormir é porque ele me ocupa toda a noite, todas as noites. E quando eu digo ele sim, estou a falar do homem para quem eu “trabalho” e sim eu não sei o nome dele, nem ele o meu. Nós não precisamos disso, ele quer sexo e eu quero dinheiro. Eu tenho de manter simples. Por um lado eu estou aliviada com a situação porque ele é o único cliente que eu tenho. Ele disse que tínhamos um acordo exclusivo, por isso não posso dormir com outros rapazes e arriscar-me a engravidar ou apanhar doenças e ainda há o lado do pagamento, numa noite eu ganho mais do que em duas semanas aqui no restaurante e ajudou-me em muitas contas. Ainda deu para comprar uma boneca nova para a Sofia. Eu respirei fundo quando me lembrei dela, ela não está nada bem, eu não sei o que fazer. A Tracy disse que podíamos experimentar novos tratamentos, mas é muito caro. Para isso eu tinha que dormir com ele durante um ano, todos os dias. Eu tirei esses pensamentos da cabeça quando ouvi a porta a abrir, olhei para cima para ver o cliente. O meu coração parou e deixei a jarra que tinha na mão cair ao chão, partindo e molhando o chão cheio de café. Eu estava chocada e nervosa. O que é que ele estava a fazer aqui?)
Alexander: (Quando entrei no restaurante depois da minha ida ao ginásio ouvi uma coisa a partir-se, depois algumas cabeças viraram-se. Eu fiz o mesmo e vi-a. Eu sorri maliciosamente quando a vi a olhar para mim chocada e nervosa. Acho que ela não estava á espera de me ver aqui. Eu não estava á espera de a ver aqui, muito menos a trabalhar. E acho que eu sou a razão por que ela deixou aquela jarra cair. Eu olhei para ela e sentei-me, a olhar para ela, todos os movimentos que ela fazia. Ela estava nervosa e isso era muito sexy)
Isabella: (O meu coração estava a bater mais de força que um comboio. Depois ouvi o meu patrão a gritar comigo, pela confusão que fiz)
* Isabella! Olha o que fizeste! Limpa isto imediatamente e vai trabalhar! *

Isabella: (Eu ajoelhei-me rapidamente e comecei a pegar nos pedaços de vidro que tinham partido. As minhas mãos estavam a tremer e suadas. Eu odeio admitir mas é esse o efeito que ele tem em mim. Mais tarde levantei-me, preparando já outra jarra de café e reparei que ele ainda estava lá, a olhar completamente para mim. Nesse momento eu só queria correr e sair dali. Percebi que ele estava á espera que eu fosse atende-lo, eu respirei fundo e fui até ele, sentindo as minha pernas líquidas como gelatina)
Alexander (Eu estive a observar todos os movimentos dela desde que cheguei aqui, eu não sei porque mas alguma coisa nela fascina-me. Vi-a a vir em direcção a mim eu sorri satisfeito, eu sabia que ela estava nervosa e ambos sabíamos o porquê): Eu pensei que não viesses ter comigo. (Disse quando ela chegou á minha beira, depois vi-a a olhar para mim, surpresa) Eu não sabia que trabalhavas aqui…
Isabella: Huh, sim… (Eu queria responder e combater o meu nervosismo. Porque raio é que eu estava tão nervosa? Ele é só outro cliente…o único por quem eu durmo por dinheiro, pensei envergonhada): O que é que vai desejar?
Alexander (Eu sorri maliciosamente): Muitas coisas, tu já devias saber do que eu gosto.
Isabella (Nesse momento as minhas bochechas tornaram-se vermelhas e eu olhei em redor para ver se alguém estava a ouvir a nossa conversa): Por favor…aqui não. (Quase que lhe implorei num sussurro)
Alexander (Eu fiquei surpreendido): Eu só estava a brincar. (Eu sorri um pouco, ela estava mesmo nervosa, como se tivesse um segredo ou alguma coisa assim. Eu respirei fundo e fiz o meu pedido)
Isabella: (Quando ele fez o pedido dele eu virei-me rapidamente e voltei para o balcão, ainda a sentir os olhos dele postos em mim. Ás vezes eu acho que é sexy, mas ás vezes só quero que ele pare)
Alexander: (Eu sorri novamente pelo embaraço dela. Depois lembrei-me do que o chefe dela lhe chamou: Isabella. Actualmente…eu acho que é perfeito. Ela serviu-me e nenhum de nós falou mais mas enquanto eu estava lá observei-a a trabalhar, de uma maneira eu acho que vi uma rapariga diferente e pela primeira vez vi-a a sorrir por causa de um miúdo que lhe perguntou uma coisa. Sem reparar eu sorri também. Abanei a cabeça, o que é que se está a passar comigo? Talvez eu esteja muito cansado. Sim, eu tenho andado a fazer muito exercício psicológicos. Sorri para mim mesmo. Levantei-me, coloquei uma nota na mesa e quando passei por ela enquanto ela estava a servir uma senhora, pus uma nota no bolso de trás das calças dela. Sorri e saí de lá, colocando os meus óculos de sol e indo até ao meu carro)
Isabella: (Eu não acredito no que ele fez. Quando ele ia sair passou por mim e pôs a mão no meu bolso das calças, e tocou no meu rabo. As minhas bochechas ficaram quentes e a mulher que eu estava a atender olhou para mim com um olhar surpreendido. Eu sorri para ela e corri praticamente para o balcão. Este é definitivamente o dia mais vergonhoso da minha vida. Pelo menos ele já foi embora…por agora. Ele agora sabe onde me encontrar. Eu respirei fundo e tentei distrair-me com o trabalho, depois senti algo no meu bolso. Pus a minha mão lá e tirei uma nota. Os meus olhos arregalaram-se. Ele deixou-me uma gorjeta)



Algumas Horas Depois



Alexander (Eu entrei em casa e fui em direcção á sala, colocando a saca que trouxe no chão. Isso foi quando a Hannah entrou. Eu olhei para ela e vi o olhar esquisito dela quando olhou para o saco. Eu sorri): Se quiseres podes experimentar. (Disse enquanto bebia o meu whisky)
Hannah (Ela olhou para mim chocada e ofendida, acho que ela não gosta mesmo de mim): O quê? (Perguntou enquanto olhava para mim)
Alexander (Eu sorri, eu só estava a brincar com ela. Depois que eu a conheci…que dizer conheci a Isabella não tenho a necessidade de seduzir outras raparigas): Não precisas de fazer essa cara. Não é para ti, a sério. (Peguei no saco e saí em direcção ao quarto)
Charles: Alexander! (Chamou-me quando eu passava por ele)
Alexander (Eu respirei fundo e virei-me): O que é?
Charles: Onde é que tu tens estado? Tu já nem dormes aqui. E quando dormes voltas muito tarde. (Preocupado)Alexander: Charles, está tudo bem. Não te preocupes comigo. E eu tenho dormido muito bem, acredita em mim. (Sorri e comecei a subir as escadas)
Charles: O que é isso? (Aponta para o saco)
Alexander (Sorri maliciosamente): Um presente para uma amiga
Charles: Lingerie? (Perguntou meio chocado)
Alexander (Sorri): Sim! (Disse quando desapareci no topo das escadas e entrei no meu quarto)




Entretanto



Isabella (Eu estava deitada na cama da Sofia, ao lado dela. Ela tinha adormecido enquanto eu lhe estava a contar uma história, e agora fui eu que adormeci. Eu estava tão cansada que não pude resistir. Mas de repente senti alguém a acordar-me. Abri os olhos e vi a Kim. Sorri levemente): Hey…
Kimberly (Ela também sorriu): Hey, desculpa. Mas tu disseste-me para te avisar do tempo. Já são 7:30.
Isabella (Os meus olhos arregalaram-se e eu levantei-me num salto): O quê? Oh Meu Deus!  (Rapidamente agarrei no casaco e na minha mala. O meu turno no restaurante acabou á 1 hora e em 30 minutos tinha de estar na loja, depois por volta da 00:00 tinha de ir ter com ele) Eu tenho de ir agora!
Sofia: Maninha. (Chamou-me com lágrimas nos olhos)
Isabella (Eu virei-me e olhei para os olhos molhados dela. Eu tinha-a acordado. Eu respirei fundo, ela sabia que eu ia sair): Sofia! Desculpa ter-te acordado. Volta a dormir querida. (Sorri levemente)
Sofia: Não, eu quero-te aqui. Por favor não vás. (Ela levanta os braços na minha direcção)
Isabella (Eu segurei as minha lágrimas e abracei-a fortemente): Desculpa querida! Mas eu tenho que trabalhar. (Afastei-me do abraço e olhei para ela) Desculpa.
Sofia: Mas…
Isabella (Eu não tinha tempo): Adoro-te! (Eu beijei-lhe a testa e saí á pressa. Quando saí do hospital deixei uma lágrima cair, todas as vezes que eu saio por estas portas o meu coração parte mais um bocado. Eu respirei fundo e corri para a paragem de autocarro)


Sofia: (Ela estava a fazer o melhor para não chorar, para ser forte. Mas as lágrimas já estavam a descer-lhe pela cara)
Kimberly: Oh querida! (Ela largou os papéis e sentou-se ao seu lado abraçando-a. Estava-se a sentir muito mal por ela, por ambas) Por favor, não chores. A tua irmã adora-te, ela está a fazer o melhor que pode.
Sofia: Eu sei. (Ela gostava mesmo dela e da Tracy também, eram amigas delas) Mas eu tenho saudades dela! (Chorou mais um bocado)




O que é que acham do Alexander?
E a Sofia? Vai recuperar?

7 Comentários
Publicado por - jéssica às 14:10
Link do post | Comenta X) | Adicionar aos favoritos
|
8 comentários:
De Kelly a 22 de Outubro de 2010 às 14:31
Perfeito *.*
Posta logo
beijos


De Anónimo a 22 de Outubro de 2010 às 14:50
adorei...

posta rapido


De Cacau ;* a 22 de Outubro de 2010 às 14:54
Maravilhosooo!
Ui o Alex vai dar langeri para a Isa?
Ui, ui!
Posta Logo!
Muito lindo.
Beijos!
;*


De Laura a 22 de Outubro de 2010 às 15:04
posta logo ta perfeita!
P
O
S
T
A

L
O
G
O
!!!


De Nie Reis a 22 de Outubro de 2010 às 15:55
Perfect*.*
Lindo!!
Adorei!!
BeiJos


De Anónimo a 23 de Outubro de 2010 às 03:46
nossa to muito curiosa posta o outro o mais rapido possivel por favor
por favorzinhuu
bjs

by:


De Anónimo a 23 de Outubro de 2010 às 07:15
Amei

posta logo


De Anónimo a 23 de Outubro de 2010 às 09:58
maravilhoso...posta logo estou a adorar a historia...essa izzie supreendeu...mas o alexander nao fica atraz...amei.posta rapidinho please


Comentar post

Sobre Mim

Posts Recentes

Capítulo 19

vou continuar...

Olá...

Capítulo 18

Capítulo 17

Capítulo 16

Capítulo 15

Capítulo 14

Capítulo 13

Capítulo 12

Arquivos

Julho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010